terça-feira, 9 de junho de 2020

Minha experiência com o uso de novas tecnologias no ensino de línguas

Quero contar para vocês um pouco da minha experiência na sala de aula e o uso de novas tecnologias.
Eu comecei a dar aulas em 2012. Comecei no tradicional. Quadro, giz, papéis...Aquela aula rotineira...No começo pensei que apesar do domínio do conteúdo, ainda não me sentia segura ao pisar na sala de aula. Mas a realidade foi outra, me senti super confortável. Cheguei no meu primeiro dia de aula e me portei na sala de aula como se fosse uma professora experiente. Não contei aos alunos e evitei ao máximo que eles percebessem isso. Deu certo.
Com o passar do tempo, mesmo tudo indo bem, ainda tinha algo que me incomodava, mas não sabia o que era. Até que um dia percebi que muitos alunos se interessavam bastante pelo conteúdo que postava nas minhas redes sociais. Parecia que isso atraía mais a atenção deles do que o conteúdo da aula e eles me valorizavam por isso. Foi aí que eu pensei...vou usar isso a meu favor!
Criei dois sites para divulgar meu trabalho na sala de aula, além do meu pessoal. Um de língua portuguesa e outro de língua inglesa. E não é que deu certo? Percebi um engajamento muito grande por parte dos alunos. Queria usar tudo isso também dentro da sala de aula, mas como sempre trabalhei em escola pública isso nem sempre era possível.
Os alunos que geralmente tinham acesso eram os que tinham uma condição social um pouco melhor. Além disso, muitas vezes as escolas não dispunham de tecnologia suficiente ou adequada. Embora tenha encontrado muitos obstáculos, não desisti.
Ao terminar minha primeira graduação procurei investir em uma especialização na área tecnológica. Descobri que na Universidade Federal de Minas Gerais tinha o curso perfeito para mim. Terminei o curso Ensino de Línguas Mediado por Computador em 2014, mas durante os dois anos no curso fui produzindo conteúdo, melhorando minhas práticas e realizando projetos. Aprendi muito durante esse período. No curso eu aprendi a trabalhar com EaD, mas busquei por conta própria aprender a utilizar recursos usados pelos famosos webmasters na produção e edição de sites e mídias.
Assim como eu evoluí, as condições das pessoas se tornaram um pouco melhores nas escolas em que trabalhava e eu conseguia usar meus projetos com os alunos, ora por uso de tecnologia cedida por eles, como uso do celular ou por laboratório da escola.
Apesar de conseguir desenvolver os projetos as dificuldades nunca pararam de aparecer. As vezes por dificuldade de acesso, apoio de gestão, entre outros. Mas se eu pensasse somente nos problemas, hoje eu não estaria aqui escrevendo para vocês. Dificuldades sempre apareceram, pessoas para impor obstáculos também, mas houve dias em que o trabalho foi valorizado e o objeto alcançado.
Eu tive que passar por várias etapas antes de começar a ministrar aulas online. Precisei da experiência na sala de aula para entender a docência e conhecer a realidade dos alunos. Tive que passar pelo processo de lidar publicamente com diversas situações para entender como contorná-las e poder trabalha-las na EaD.
Hoje eu tenho alunos que participam assiduamente das minhas aulas online e sou muito feliz em poder compartilhar meu conteúdo e minha experiência com vocês.

Para finalizar, deixo para vocês assistirem um vídeo que gravei com a minha colega Ana, da Bolívia, durante meu corso de pós-graduação.




Nenhum comentário:

Postar um comentário